Resultados 1 a 4 de 4

Tópico: 2014, o ano da canábis?

  1. #1
    Data de Ingresso
    Oct 2013
    Posts
    543
    Thanks
    1.324
    Thanked 1.145 Times in 532 Posts

    2014, o ano da canábis?

    2014, o ano da canábis?

    Muitos veem na legalização da canábis no Uruguai e em alguns estados norte-americanos como os passos primordiais rumo a uma legalização mais generalizada da substância, proibida na maior parte do mundo

    VISÃO
    15:33 Quarta, 1 de Janeiro de 2014 |


    A 10 de dezembro, o Uruguai tornou-se o primeiro país do mundo a legalizar a venda e consumo de marijuana para fins recreativos.
    Mas não se pense que este passo é uma excentricidade do Presidente José Mujica.

    A partir de janeiro de 2014, nos Estados americanos de Washington e Colorado, será possível comprar canábis em lojas especializadas (mediante a atribuição de licenças, tal como com o álcool). Esta nova realidade é vista como particularmente emblemática no Colorado, um Estado de perfil conservador.

    Muitos analistas veem estes exemplos como os passos primordiais rumo a uma legalização mais generalizada da substância, proibida na maior parte do mundo - o ano de 2014 poderá ver replicadas as experiências no Uruguai e nos EUA.

    Ativistas americanos, aliás, preveem que a marijuana será legal em dez Estados, durante os próximos três anos. Com maior probabilidade espalhar-se-á a marijuana para fins medicinais, permitida já em 21 Estados americanos e numa dezena de países (quase todos europeus).

    Em Portugal, no entanto, o debate ainda é incipiente. Em maio de 2013, o Bloco de Esquerda apresentou uma proposta para legalizar o cultivo de canábis, ideia que foi sumariamente posta de parte pela maioria PSD/PP, mas também pelo resto da esquerda parlamentar (com críticas especialmente contundentes por parte do PCP). Apesar da rejeição da iniciativa, o Bloco pretende voltar a discutir o assunto nos primeiros meses de 2014.

    Muitos defensores da legalização da marijuana alegam que os impostos arrecadados seriam uma importante fonte de receitas. Com o tabaco, o Estado português terá arrecadado, em 2013, cerca de 1,3 mil milhões de euros.


    ________________
    Ler mais: http://visao.sapo.pt/2014-o-ano-da-c...#ixzz2pBEyMZsq


  2. The Following 8 Users Say Thank You to Tricoma For This Useful Post:

    BlackJack (01-22-2014),Green Passion (01-01-2014),Mr.Ganja (01-03-2014),red_bulls (01-06-2014),ricardopunxs (01-05-2014),Shariff (01-01-2014),The Lizard King (01-03-2014),weedtoker (01-02-2014)

  3. #2
    Data de Ingresso
    Nov 2013
    Posts
    1.368
    Thanks
    7.450
    Thanked 4.212 Times in 1.320 Posts
    O Obama já está a dar uma força.


  4. The Following 2 Users Say Thank You to Shariff For This Useful Post:

    BlackJack (01-22-2014),The Lizard King (01-20-2014)

  5. #3
    Data de Ingresso
    Jan 2014
    Localização
    Lisboa
    Posts
    303
    Thanks
    3.408
    Thanked 659 Times in 303 Posts
    Admite ter consumido. Not bad Mr. President.

  6. The Following 3 Users Say Thank You to BlackJack For This Useful Post:

    Mr.Ganja (01-22-2014),Shariff (01-25-2014),The Lizard King (01-23-2014)

  7. #4
    Data de Ingresso
    Dec 2013
    Posts
    100
    Thanks
    41
    Thanked 158 Times in 76 Posts
    Penso que tudo depende do México, mas tudo aponta no sentido da legalização a nível mundial sem dúvida

  8. The Following User Says Thank You to Dedo verde For This Useful Post:

    Shariff (01-25-2014)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •