Resultados 1 a 2 de 2

Tópico: Os Beneficios da Lua no cultivo de Cannabis

  1. #1
    Data de Ingresso
    Dec 2014
    Localização
    Malana
    Posts
    892
    Thanks
    3.612
    Thanked 3.605 Times in 888 Posts

    Os Beneficios da Lua no cultivo de Cannabis

    Os Beneficios da Lua no cultivo de Cannabis




    Desde os primórdios da agricultura que o homem utiliza a influência da lua para conseguir ter cultivo mais saudáveis e produtivos. Algumas pessoas pensam que estes benefícios só acontecem no cultivo de exterior, no qual as plantas são iluminadas durante a noite pela pequena quantidade de luz que nos oferece o nosso satélite. Mas, obviamente, isso não esta correto.

    A influência da lua sobre as nossas plantas não se baseia unicamente na quantidade de luz que ela reflecte, mas sim na pressão e atracção que exerce sobre o nosso Planeta. Podemos aproveitar os benefícios das diferentes fases lunares em qualquer tipo de cultivo, sem interessar se é de interior ou de exterior.

    A influência da lua sobre o nosso planeta é apreciável a todos os níveis, as marés são a consequência directa da atracção que a lua exerce sobre o mesmo. Isto é só pra termos uma ideia do poder que ela exerce sobre a terra.
    Sobre as pessoas também tem efeitos bem visíveis. Quando está lua cheia existem mais partos do que em todas as outras fases da lua. Muitas pessoas também sentem a influência da lua cheia ao nível da irritabilidade ou nervosismo e ainda existe uma parte mais mitológica que associa a influência da lua com a fertilidade, utilizada durante dezenas de séculos pelo Homem. Mas, mesmo que esta ultima parte não esteja ainda provada cientificamente, se a lua tem influência em praticamente tudo porque não haveria de ter no que á fertilidade diz respeito?

    A lua tem ciclos de 28 dias, onde podemos apreciar as diferentes fases da mesma, Lua Nova; Quarto Crescente, Lua Cheia, Quarto Minguante e ainda poderá estar em fase Ascendente ou Descendente, dependendo da sua situação com respeito ao nosso horizonte, mas também em Apogeu ou Perigeu dependendo da sua distância com respeito ao nosso planeta...E se isto tudo ainda fosse pouco, dependendo da passagem da lua por diferentes constelações, ao observar o firmamento, podemos determinar se nos encontramos numa fase de Fogo, Ar, Água ou Terra, mesmo que possa soar um bocado místico é tão real como a própria vida.

    Vamos ver em que consistem cada uma das fases lunares, qual a influência que teêm sobre os nossos cultivos de cannabis, saber interpretá-las, e claro, aproveitarmo-nos ao máximo delas para poder sacar o máximo rendimento do nosso cultivo em todos os aspectos.
    Em Qualquer livraria ou até no famoso, entre nós, “Borda d’agua” podemos encontrar calendários lunares que nos explicam de maneira simplificada como podemos aproveitar a influência da lua nos nossos cultivos e que dias são os mais apropriados para realizar as diferentes tarefas. Se com este artigo ainda estão com duvidas podem sempre recorrer ao Calendário Biodinâmico.

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         7959c55713.png
Visualizações:	5
Tamanho: 	113,0 KB
ID:      	9744
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         7a7338c438.gif
Visualizações:	1
Tamanho: 	7,4 KB
ID:      	9743

    Vamos começar pelo mais simples: as diferentes fases da lua apreciáveis a olho nú, como já falámos anteriormente, são ciclos que têm a duração de 28 dias e estes são os benefícios no seu cultivo:


    Lua Nova: é a etapa quando a lua está completamente escura aos nossos olhos, é como se, pura e simplesmente, não houvesse lua no céu. Tendo a lua nova uma duração muito escassa, ela é medida desde que temos Lua Nova até que a metade direita fique iluminada, ou seja, esta etapa vai desde a Lua Nova ao Quarto Crescente. Durante esta etapa existe um grande movimento de líquidos no sub-solo o que a torna ideal para germinar sementes de rápida germinação (como o cannabis), no entanto, não o podemos fazer quando esta mesmo na Lua Nova, mas sim, quando está mudando para Quarto Crescente. Durante a Lua Nova a seiva das plantas concentra-se no sistema radicular, mas ao invés de o estimular faz com que ele entre numa fase de repouso, tanto ao nível radicular como a nível foliar, ou seja, as plantas descansam até que chegue o Quarto Crescente. Graças a este estado de dormência podemos efectuar as tarefas que necessitemos no nosso cultivo, sem stressar minimamente as nossas plantas. Podemos assim efectuar transplantes, podas ou adubar o nosso sustrato. Resumindo, nesta fase de transição entre a Lua Nova e Quarto Crescente graças a este estado de semi-hibernação podemos efectuar varias tarefas nas nossas plantas sem que lhe causemos stress excessivo.


    Quarto Crescente – É quando podemos observar a lua em forma de “D”. Diz-se que a lua é mentirosa porque quando ela nos mostra o “D” de “Decrescente” ela está, na realidade, a crescer e não o contrario, esta etapa dura desde o Quarto Crescente até á Lua Cheia.
    É uma etapa em que os fluidos internos da planta, seiva e outros líquidos, têm uma boa actividade, graças ao movimento de líquidos no subsolo gerado pela transição da Lua Nova para o Quarto Crescente as raízes dispõem da água que precisam. Esta é uma etapa perfeita para germinar sementes de cannabis, mas como já dissemos antes, também o poderemos fazer na fase de transição entre a Lua Nova e o Quarto Crescente, que também é uma boa altura para adubar com nutrientes orgânicos. Durante esta etapa é desaconselhado fazer outras tarefas que não sejam germinar sementes ou adubar o sustrato.

    Lua Cheia – penso que não será necessário dizer que fase é esta, mas se por acaso há algum despistado por aqui, é quando a lua está completamente visível aos nossos olhos. Esta etapa transcorre desde a Lua Cheia ao Quarto Minguante. Nesta fase a seiva interna das nossas plantas vai concentrar-se nas partes altas das nossas plantas estimulando notavelmente o seu desenvolvimento, pelo contrario, o sistema radicular retardará pois a concentração da seiva será menor nestas zonas. Durante a Lua Cheia, as plantas em estado de floração que possuam já uns frutos aceitáveis, mostrarão mudanças extraordinárias, engordando ainda mais os seus frutos, é sem duvida a melhor etapa para quem está á procura de melhorar a sua produção, devido a isso muitos cultivadores de interior calculam o final do ciclo de floração consoante a fase lunar. As plantas que são transplantadas nesta fase têm tendência a desenvolver melhor o sistema foliar e radicular. Apesar de termos visto anteriormente que a melhor fase de transplante é a Lua Nova, pois evitamos causar stress na planta, durante a Lua cheia podemos realizar esta tarefa com resultados excelentes. Resumindo, a Lua Cheia ajudará a que a nossa planta cresça com força e engorde os seus frutos e ainda poderemos realizar transplantes para assim podermos beneficiar da influência lunar.

    Quarto Minguante – Nesta etapa a lua apresenta a forma de “C”, mas como já falámos anteriormente, a lua é uma mentirosa, pois está a mostrar um “C” de crescente mas na realidade está a decrescer. Esta etapa ocorre desde o Quarto Minguante até á Lua Nova. Nesta fase os melhores benefícios para as nossas plantas ocorrerá nos primeiros dias pois a seiva começará a descer para o sistema radicular, assim sendo, irá diminuir pouco a pouco o crescimento foliar e radicular das nossas plantas até á fase da Lua Nova. Durante o Quarto Minguante podemos realizar clones ou fazer tratamentos preventivos contra insectos e fungos. Acompanhando com lua Ascendente mesmo na mudança para lua Descendente.

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         0f885f17d5.jpg
Visualizações:	11
Tamanho: 	9,1 KB
ID:      	9745

    Agora que já vimos as diferentes etapas da lua, também devemos saber, que apesar da lua não emitir suficiente luz para activar a fotossíntese das nossas plantas, essa luz é a suficiente para que as nossas plantas a detecte e assim activa certos fotorreceptores, que significa isto? Significa que os movimentos da seiva á parte superior ou inferior da nossa planta deve-se, em grande parte, á quantidade de luz que esses fotorreceptores conseguem captar, o que significa que os cultivos de exterior são muitos mais sensiveis a estas mudanças que os cultivos de interior, e então perguntam vocês, os cultivos de interior não são sensíveis á lua? Sim, é óbvio que o são, mas numa magnitude inferior á dos cultivos exteriores mas isto só se verifica se nos guiarmos unicamente pelas etapas da lua. Existem outras fases que incidem muito mais nas nossas plantas de interior, as quais vamos ver em seguida, independentemente se a lua é Cheia, Minguante, Nova ou Crescente pode também ser Ascendente ou Descendente.

    Lua Ascendente – é a fase lunar em que a lua ascende em relação ao nosso horizonte, tem uma duração de 14 dias. Poderemos observar que é ascendente pois a sua orbita é mais alta se a compararmos com o dia anterior. A seiva concentra-se na parte superior das plantas, favorecendo assim a formação de novas folhas, o engordar dos nossos frutos etc. É nesta fase que recomendamos fazer-se os clones, mas só quando já estivermos perto da fase Descendente. No ultimo dia da lua Ascendente podemos cortar os clones e deixá-los de molho até á lua Descendente.


    Lua Descendente – é a fase lunar em que a lua vai descendendo a sua órbita comparativamente ao dia anterior. A seiva concentra-se no sistema radicular para que as plantas desenvolvam as suas raízes e absorvam os nutrientes de forma muito mais eficaz. Mesmo no inicio da lua Descendente podemos aplicar enraízante nos clones que cortámos anteriormente e esperar que enraízem, é também uma boa fase para germinar sementes ou adubar a nossa terra.

    Como podemos ver as diferentes etapas da lua sempre irão coincidir com as diferentes fases da lua, assim, podemos ter Lua Cheia em Ascendente e Lua Cheia em Descendente, o mesmo acontece com as outras etapas lunares.

    Portanto, se queremos fazer clones com êxito, o ideal seria dispor de Quarto Minguante com lua Ascendente próxima a Descendente (cortar os clones em Ascendente e enraizá-los em Descendente)
    Pode parecer um bocado complicado procurar os dias ideais de cada mês para realizar as diferentes tarefas, por isso já recomendamos anteriormente a compra de um calendário lunar, já que ai vem os meses detalhados com os seus diferentes ciclos lunares e recomendações. E se isto ainda fosse pouco existem dias em que se recomenda que não se efectue nenhum tipo de trabalho nas nossas plantas. Nos Nós orbitais, no Apogeu e no Perigeu, que explicaremos muito resumidamente.

    Nó orbital – chamam-se nós orbitais aos dias em que a orbita da lua coincide com a da Terra com respeito ao Sol. Estes nós dão-se cada duas semanas e meia.

    Apogeu e Perigeu – é a etapa em que a lua, devido á sua órbita elíptica, se encontra mais longe da terra (Apogeu) ou mais perto (Perigeu), não se recomendam fazer trabalhos neste dias assim como nos dias anterior e posterior a este dia. Na realidade isto não tem nenhuma complicação só teremos de saber quais são estes dias para não realizarmos qualquer tarefa nas nossas plantas.
    Agora vamos ver os elementos (Fogo, Ar, Água e Terra) em relação ás constelações e á lua, apesar de soar um bocado mistifico é bastante pratico e efectivo.

    Fogo – dá-se quando a lua passa em frente á constelação de carneiro. Leão e Sagitário. É uma etapa favorável para a germinação de semente e para a realização das mesmas (polinização).

    Ar: dá-se quando a lua passa em frente á constelação de Gémeos, Balança e Aquário. É uma etapa favorável para a maioria dos trabalhos com o cannabis: podas, sementeiras, clones, adubar, transplantar etc...

    Água – dá-se quando a lua passa em frente á constelação de Peixe, Caraguejo e Escorpião. É uma etapa favorável para o crescimento da nossa planta mas não se recomenda fazer qualquer tipo de tarefa nesta fase

    Terra – dá-se quando a lua passa em frente a constelação de Touro, Virgem e Capricórnio. É uma etapa muito favorável para o desenvolvimento radicular, pelo que a realização de clones é otima neste elemento.

    A nível pessoal devo confessar que não tomo muita atenção a estes elementos, guio-me mais pelas fases da lua e principalmente pelo seu estado (Ascendente ou Descendente), foi aqui onde notei diferenças mais importantes em comparação a um cultivo onde não se utiliza a lua para nada, mas isso não significa que não são importantes. Muitos cultivadores obtêm grandes benefícios só por escolher o dia mais apropriado para realizar qualquer tarefa. Visto que a influência da lua se aplica a todos os cultivos no geral, há quem discorde do exposto aqui devido a que cada tipo de planta é mais ou menos sensível ás mudanças lunares. Obviamente pensando em cultivos de cannabis, estes são os estados lunares que nos podem trazer mais benefícios. Insisto, comprem um calendário Lunar que custa muito pouco dinheiro e poderão descobrir o incrível mundo da influência da lua em todos os tipos de cultivo.


    Versão original em http://www.cannabismagazine.es/elcul.../cultivador17/ paginas 26/27/28/29 e 30

  2. The Following 5 Users Say Thank You to Moxu666 For This Useful Post:

    Costa Rica (06-23-2015),rarissimo (11-23-2015),Shariff (03-20-2015),Tricomaria (03-20-2015),Zbroazzz (07-01-2015)

  3. #2
    Data de Ingresso
    Dec 2014
    Localização
    Malana
    Posts
    892
    Thanks
    3.612
    Thanked 3.605 Times in 888 Posts
    Espero que gostem deste artigo que penso ser bastante util e mta gente n dá a devida importância...deixo aqui um calendário bio dinamico pra quem se kizer guiar...parece dificil mas é super facil

    Edit: Thanks Tommy plos retoques finais makina

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         BIODInamico.jpg
Visualizações:	10
Tamanho: 	95,6 KB
ID:      	9746
    Última edição por Moxu666; 03-20-2015 às 19:53.

  4. The Following 4 Users Say Thank You to Moxu666 For This Useful Post:

    Shariff (03-20-2015),Tricomaria (03-20-2015),Zbroazzz (07-01-2015)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •